Sobre o amor próprio não literal

Ilustrações: Elisa Talentino

“Você precisa ser mais amável com você mesma.”

Essa é de longe uma das frases mais que mais escuto da minha terapeuta e de alguns amigos quando falo sobre algumas das minhas angústias.

Elisa-Talentino-New-York-Times-A-Woman-Child-in-Jamaica

Somos ensinadas a amar as fotos estampadas nas revistas. A admirar mulheres que estão nos livros de história e museus. A ser compreensivas com as atrizes que no meio de tanta demanda, precisam de babás para cuidarem dos seus filhos. Mas e conosco? E se olhássemos para nós com o mesmo olhar de compaixão que olhamos para os outros?

Quando pensamos no desafio do amor próprio queríamos trazer para a realidade de todas as mulheres que participassem dele o ato de se amar. Mas queríamos também tirar a máscara do amor próprio como algo que só é possível para aquelas que estão 100% satisfeitas com suas vidas e corpos.

Bendata-di-stelle-serigrafia-elisa-talentino

O amor próprio é, muitas vezes, disseminado com a imagem de uma mulher na frente do espelho tecendo elogios infinitos ao seu corpo, amando cada falha incondicionalmente.

Mas e nós? Meras mortais?

As insatisfações com nossos corpos são frutos de uma sociedade que nos cria para nos odiarmos. Para querer um outro corpo. Um outro cabelo. Uma outra roupa. Uma outra realidade. Será que é justa mais uma pressão como esta?

Aprofundando mais o conceito, será que se amar é uma questão apenas de amar o seu corpo?

Olhando para nós, notamos o estrago que toda essa pressão nos faz: se amar acaba sendo uma atividade que passa longe do conceito de ser amável, quando ser amável com você é a maior prova de amor próprio que existe.

É saber que você está dando o seu melhor e reconhecer o seu esforço.

É aceitar que você possui falhas e que tudo bem não estar satisfeita com elas.

É dizer não para uma situação que está te fazendo mal.

É saber e respeitar as suas angústias e limitações.

FIORENDO.jpg

Repare em pequenas atitudes do seu dia-a-dia que mostram o quanto você pode ser amável com você. Observe o seu progresso. Deixe o seu amor florescer. O seu progresso não precisa ocorrer na mesma velocidade que os outros.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.